Segundo o próprio documento do Convênio: “A BVS-Psi ULAPSI é um projeto para dar visibilidade ao conhecimento e promover o acesso à informação especializada em Psicologia, o qual vem sendo desenvolvido graças aos esforços conjuntos das várias instituições vinculadas com a Psicologia da América Latina e Caribe. Reconhecendo a trajetória da BVS-Psi ULAPSI Brasil, tomou-se o seu modelo, assim como as ferramentas e metodologias do Centro Latino-Americano de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), para a construção das fontes de informação que sustentam a BVS-Psi ULAPSI.”

A Biblioteca Virtual em Saúde - Psicologia Brasil (BVS-Psi Brasil) foi formalmente fundada em 2001, baseada em iniciativa conjunta do Fórum Brasileiro das Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (FENPB), representado na ocasião pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP), a Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP), a Organização Pan-Americana da Saúde - Representação Brasil, através de seu Centro Latino Americano de Informação em Ciências da Saúde(BIREME) e a Rede Brasileira de Bibliotecas da Área de Psicologia (ReBAP).

Ainda de acordo com o Convênio “A BVS-Psi ULAPSI é uma coleção descentralizada e dinâmica de fontes de informação que se difere do conjunto de fontes de informação da Internet por obedecer a critérios de seleção e controle de qualidade. A BVS-Psi ULAPSI, seguindo os princípios da BIREME, utiliza software de código aberto para operar uma rede de produtos e serviços que busca atender as necessidades de informação em Psicologia dos estudantes, professores, pesquisadores e profissionais que tem na Psicologia o objeto do seu trabalho.”

A assinatura do Convênio documenta uma parceria de sucesso que há mais de 10 anos assegura aos psicólogos, pesquisadores, estudantes, profissionais e interessados de áreas afins, o acesso eficiente, online e eqüitativo aos produtos e serviços de qualidade disponibilizados na Internet e, especialmente, desenvolvidos para a sua qualificação profissional.

Por Maria Imaculada Cardoso Sampaio

Foto: Aparecida Angélica Sabadini

Fonte: Instituto de Psicologia da USP