Em 2011, o Ministério da Saúde (MS) redefiniu o Comitê de Informação e Informática em Saúde (CIINFO), incluindo dentre suas competências a revisão, promoção e fortalecimento da Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (PNIIS), cujo texto apresenta princípios e diretrizes tendo como base: a melhoria do acesso e da qualidade no SUS; a transparência e segurança das informações; o suporte da informação para tomada de decisão por parte do gestor e profissional de saúde; e, por fim, o desenvolvimento institucional do SUS.
 
A interoperabilidade dos sistemas de informação em saúde é condição central nesta Política, sendo assim, a PNIIS visa ainda a uma melhor governança no uso da informação em saúde e dos recursos de informática, integrando‐se ao conceito de Governo Eletrônico.   

A versão final foi elaborada após as devidas considerações às contribuições oferecidas em consulta pública (outubro/novembro de 2012) e às deliberações da última reunião do Subcomitê de Governança da Informação em Saúde (SGIS), no último mês de janeiro.

A versão final do documento será apresentado à aprovação do Comitê de Informação e Informática (CIINFO), no mês de abril, sendo, no mês de maio, apresentado ao Grupo de Trabalho de Informação e Informática da Comissão Intergestores tripartite (CIT).  
 
Image A Rede Interagencial de Informações para a Saúde (Ripsa) faz parte do processo de construção da PNIIS, conforme figura (fonte: www.epsjv.fiocruz.br/upload/d/08.Haroldo.pps), e articular entidades representativas dos segmentos técnicos e científicos nacionais envolvidos na produção, análise e disseminação de dados, viabilizando parcerias capazes de propiciar informações úteis ao conhecimento e à compreensão da realidade sanitária brasileira e de suas tendências. Nesse sentido, a RIPSA tem como propósito promover a disponibilidade adequada e oportuna de dados básicos, indicadores e análises sobre as condições de saúde e suas tendências, visando aperfeiçoar a capacidade de formulação, gestão e avaliação de políticas e ações públicas pertinentes.
 
Para promover acesso on-line, universal e equitativo à informação relevante para a tomada de decisões em saúde, derivadas de fontes regulares de informação sobre a situação de saúde e seus fatores determinantes, a RIPSA desenvolveu a Biblioteca Virtual em Saúde da Rede Interagencial de Informações para a Saúde (BVS RIPSA), uma iniciativa das instâncias colegiadas da RIPSA, apoiada pelo Ministério da Saúde (MS) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), e realizada em colaboração com o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME).